Farmácia de Manipulação

COLESTEROL, COMO BAIXAR O NATURALMENTE?

Quando mencionamos a palavra Colesterol, muita gente acha que é algo ruim, pois muito se ouve por ai que pessoas estão com o colesterol alto.

O colesterol é essencial ao nosso organismo. Ele atua como componente de todas as membranas das células do nosso corpo. Essas membranas são compostas basicamente por colesterol e proteínas. O colesterol deixa a parede da célula mais fluída, o que permite a absorção de nutrientes e a saída de excretos.

Ele passa a ser um problema quando seu nível está elevado e pode ser fatal para pessoas com propensão a infarto, tabagistas, sedentários e hipertensos. O excesso de lipidios resulta no acúmulo de gordura que pode entupir veias e artérias.

Tipos de Colesterol

Os dois tipos principais são o HDL e o LDL. O HDL é o colesterol bom, ele é responsável por desentupir as veias. Já o LDL é o colesterol ruim, faz o oposto. Com o passar do tempo, ele se aloja nas paredes das artérias, podendo causar sua obstrução.

O VLDL assim como o LDL é considerado ruim, pois em níveis elevados levam ao acúmulo de gordura nas artérias e formação de placas de aterosclerose, aumentando o risco de doenças do coração

O fígado é o órgão responsável pela produção de 70% do colesterol do corpo. O restante é adquirido por meio da alimentação. Quando um paciente acima de 50 anos, que possui colesterol alto, faz uma dieta específica para baixar o colesterol, ele não consegue 100%, pois parte dele é produzida pelo corpo.

Riscos a Saúde

Nesses casos, com o alto risco de infarto, os médicos entram com medicação, principalmente o medicamento conhecido como estatina.

Pacientes que não estão na zona de risco, podem baixar os níveis de colesterol apenas com alimentação equilibrada e exercícios físicos regulares.

Por isso, na maioria dos casos, o colesterol deve ser baixado naturalmente. Além da dieta equilibrada e baixa em colesterol cumulada a exercícios físicos regulares, existem medicamentos naturais que auxiliam no controle do colesterol.

Omega 3

Um deles é o famoso Ômega 3 1000mg. Os ácidos graxos ômega 3 são assim denominados por possuírem sua primeira dupla ligação no carbono 3, a partir do radical metil do ácido graxo. São encontrados em grande quantidade nos óleos de peixes marinhos, em algas marinhas e nos óleos e sementes de alguns vegetais. Os mais pesquisados e que possuem maiores benefícios à saúde são o EPA (ácido eicosapentaenóico) e o DHA (ácido docosahexaenóico) presentes principalmente nos óleos de peixes.

Os óleos de peixe são as principais fontes dos ácidos graxos eicosapentaenóico (EPA) e docoxahexaenóico (DHA), aos quais são atribuídos efeitos benéficos no controle da lipidemia e conter reações inflamatórias.

Sua principal indicação é auxiliar na prevenção de doenças cardiovasculares. O uso diário do óleo de peixe proporciona diminuição da agregação plaquetária; redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos; atenuação de estados inflamatórios como a artrite; diminuição da pressão sanguínea (hipertensão); e redução da viscosidade do sangue que permite uma circulação sanguínea mais ativa, promovendo uma melhor nutrição e oxigenação dos tecidos.

Psyllium

Outro medicamento natural que auxilia no controle do colesterol é o Psyllium 500mg.

Psyllium é uma erva que mede menos de 50 cm e produz flores brancas, agrupadas em espigas na ponta de pequenas hastes. Cresce espontaneamente nos solos áridos e arenosos do Mediterrâneo. Seu nome deriva do grego psylla (pulga), referindo-se as semelhanças de suas sementes com este inseto. Seu uso foi popularizado com o advento dos árabes e persas na Índia e começou a ser utilizada pelos europeus, no início do século XIX. Com exceção da casca e da semente, onde se encontra grandes quantidades de fibras, as demais partes da planta não tem uso medicinal.

Quando ingerido antes das refeições, pode reduzir a sensação de fome, além de ajudar na obstipação crônica, como regulador intestinal. Com relação ao colesterol, ele reduz o LDL, colesterol ruim, e aumenta o HDL, colesterol bom.

Conclusão

São muito indicados nos casos em que não há complementação ou até restrição alimentar, e contribui para equilibrar o colesterol no organismo, evitando assim acidentes vascular cardíaco, infarto e outras doenças derivadas.

Ambos os medicamentos são naturais e, em sua maioria, não apresentaram efeitos colaterais. Seu uso deve ser acompanhado de um médico especialista para cada caso clínico.

Importante lembrar que exames de rotina para o acompanhamento  médico e dos níveis de colesterol no organismo devem ser realizados ao menos uma vez por ano.

Farmácia de Manipulação Físico Farma

A Físico Farma é uma farmácia de manipulação de fórmulas personalizadas, localizada em Belo Horizonte-MG, que atua com energia 100% renovável e trabalha com comprometimento para produzir os melhores produtos.

 

Everton F. D. Col

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

De volta ao topo